Um dos mais altos de todos deu a orientação:

-amanhã faremos filas por alturas,
os mais pequenos à frente, 
todos terão de marchar certinhos, 
os maiores vigiarão os mais pequenos e assim sucessivamente. 

Ao longo do tempo, 
os mais pequenos que não caminhavam ao compasso 
foram sendo excluídos pelos maiores 
e passados para a última fila atrás de todos.
Uns por serem velhos,
outros por serem desajeitados,
outros por não quererem acertar o passo
foram enviados mais para trás até não restarem mais 
do que os que eram da última fila
todos do mesmo tamanho, os maiores.
Então,
todos os mais pequenos que eram muito mais numerosos,
para não caírem na mesma situação 
escolheram de entre eles o que passaria a dar a orientação. 
Esse determinou com o acordo dos restantes,
que os mais altos dos mais altos,
que eram agora os excluídos 
seguiriam à frente e marchariam certinhos
caso contrário seriam excluídos … 
para sempre.


6 comentários:

  1. Bom dia:- Existe sempre uma maneira de resolver as coisas. Ou de frente para trás-- ou de trás para a frente...ou...ok, calei-me.
    .
    Tenha uma feliz Terça-feira
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Por vezes (muitas)
    é necessário inverter as coisas
    ou fintar o destino

    :)

    ResponderEliminar