TIVE DE
              DESCER
                             TRÊS DEGRAUS

  para te abrir a porta do meu jardim

                                   MINHA CASA
                      PARA A
       SUBISTE

combinámos o encontro para conversarmos. 
Sentámo-nos na pequena varanda do sótão 
onde tantas vezes estivemos a ver o pôr do sol. 
Estávamos tristes e ambos com aquele
sentimento de perda. 

Gritaste:
N Ã O  QUERO MAIS ! 

Lancei-me da
     
                JA
          NE
           LA
                                 A
                                   B
                                     A
                                       I
                                       X
                                        O

morrendo de imediato. 
Voltei para vos contar este meu infortúnio.
Agora vou

                   RATLOV

para onde fui naquele dia.


_________________________________________________________________

14 comentários:

  1. Parabéns pela originalidade.
    Magnífico poema.
    Voltar, escrito de trás para frente, faz com que ressuscite o acontecido, mas em sentido contrário.
    O que, diga-se, convém.
    O desenho, complementa e enriquece o postal.

    Conseguiu surpreender-me.

    Fique bem.

    ResponderEliminar
  2. Já me atrevi neste registo de criatividade. Chamei lhe poema em ziguezague e confesso que não saiu tão bem como este
    😊
    Gostei na forma e conteúdo tb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É apenas uma diversão. Obrigado pela apreciação.
      Até amanhã.

      Eliminar
  3. Poema cambalhota
    se sobe
    se desce
    não importa

    Mas circo
    poema dispensa
    e se bem que à nossa vista colha
    se alguém declama
    ou soletra
    sai o tiro pela culatra

    prefiro as coisas
    inspiradoras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A poesia visual é uma experiência antiga que teve cultores em Portugal, por exemplo Almada Negreiros. Estes textos não têm como principal objectivo serem declamados mas sim ser apreciados pela conjunção entre o texto e o visual. O que aqui apresento não tem qualquer pretensão circense, antes sendo, um pouco, uma pequena tentativa de variar o que publico.
      Bom Dia.

      Eliminar
    2. Não me ligue, meu caro
      Até Minha Alma foi aos arames por Eu me ter permitido escrever aquilo...
      e entrou em conflito, comigo
      disse ela: "é pá, é um exercício giro"

      Eliminar
    3. Agora achei piada, tudo bem. Agradeço a troca de ideias.
      Até logo.

      Eliminar
  4. Witaj serdecznie Cię pozdrawiam pięknie dobrałeś kolory na tym obrazie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bardzo dziękuję za zwykłą wizytę. Doceniam twój komentarz.
      Tłumaczenie Google

      Eliminar
  5. Criatividade!
    Está como eu gosto!
    Podemos ler de várias maneiras.
    bom fim de semana
    beijinhos
    :)
    ieratlov
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito giro o seu comentário. Ainda bem que gostou. Espero sempre a sua visita.
      Até logo. Bom fim de semana.

      Eliminar
  6. Adorei! Esse tipo de poema é delicioso, mostra criatividade. Voltar... de cima para baixo e ao contrário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo seu simpático comentário.
      Gostei da sua visita.

      Eliminar